ONU usa realidade virtual para inspirar solidariedade

Uma coisa é dizer que você entende as preocupações e dores de outra pessoa; mas outra coisa é experimentar de perto a situação em que essa pessoa se encontra. E é por isso que é tão difícil sentir empatia e se importar verdadeiramente com as populações que estão sofrendo na África e no Oriente Médio.

Para reverter essa situação e atrair cada vez mais atenção para as crises humanitárias ao redor do mundo, a ONU (Organização das Nações Unidas) está apostando na realidade virtual. Com essa tecnologia, é possível fazer com que os internautas se sintam em um campo de refugiados ou em meio a uma epidemia de ebola.

“Realidade virtual é a habilidade de realmente mergulhar em uma história da qual você geralmente é apenas um espectador. E isso está dando a você a possibilidade de estar no lugar de outra pessoa”, explicou Gabo Arora, o diretor criativo da campanha de desenvolvimento sustentável da ONU.

Assista já ao vídeo do projeto!